edição digital

Exportações de calçado cresceram em 2015

10/03/16 BOAS NOTÍCIAS Imagem

As exportações portuguesas de calçado cresceram 1 por cento em 2015, o que equivale a um novo máximo histórico: 79 milhões de pares no valor de 1.865 milhões de euros. Os dados são da Associação dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e Seus Sucedâneos. De assinalar crescimentos relevantes em mercados como os da Alemanha, Dinamarca, Espanha e Holanda, assim como os recordes de vendas atingidos na Austrália, Canadá, China e Emirados Árabes Unidos. O desempenho nos Estados Unidos da América também é motivo de destaque, para onde o comércio aumentou 48 por cento, em 2015, para 67 milhões de euros. As vendas de calçado português já aumentaram mais de 50 por cento desde 2009. Portugal passou a exportar mais 600 milhões de euros do que há seis anos e alargado as exportações a mais de 20 novos destinos, o que perfaz de 152 países nos cinco continentes. Considerando a fileira do calçado como um todo – artigos de pele, componentes e calçado –, podemos afirmar que, em 2015, foi ultrapassada a barreira dos 2 mil milhões de euros exportados, com as vendas a subirem 1,2 por cento. Quanto aos artigos de pele e marroquinaria, há registo de um aumento de 5,7 por cento nas exportações, para um novo máximo histórico: 150 milhões de euros. Portugal especializou-se na exportação de malas e bolsas, tendo sido assinalado um crescimento de 15 por cento, para os 82 milhões de euros. Os mercados extracomunitários representam, atualmente, 28 por cento do total das exportações do setor.

MUNDO PORTUGUÊS - ASSINE JÁ

Medalha de Mérito das Comunidades


Maior Onda surfada do Mundo


Mundo Português TV


Mundo Português APP





Meteorologia

Marcas Grupo