edição digital

Portugal é o quinto país mais pacífico do mundo

15/06/16 ATUALIDADE Imagem

Portugal está em quinto lugar entre os 163 listados no Índice Global de Paz de 2016, divulgado este mês. O país surge atrás da Nova Zelândia, Áustria, Dinamarca e Islândia, país que assegurou o primeiro lugar deste estudo produzido pelo Instituto para Economia e Paz, sediado na Austrália.

O estudo produzido pelo Instituto para Economia e Paz, sediado em Sydney, apresenta a Islândia como o país mais pacífico do mundo e a Síria como o pior - tal como no anterior - dos 163 estados classificados, cobrindo 99,7% da população mundial.
Este indicador mede o nível de paz e a ausência de violência em cada país. Para além da pontuação recebida, tem igualmente importância a evolução feita em comparação com os restantes países. Já em 2015 Portugal estava “numa boa situação no ranking de paz global”, por ocupar então o “lugar 11 de entre os 162 países analizados”, pode ler-se no estudo de 2015, na parte relativa ao país. No memso texto, é referido ainda que Portugal “melhorou a sua situação em relação ao ano anterior, já que em 2014 ocupava a posição 18”.
Com um total de 1.192 pontos, a Islândia garantiu o primeiro lugar da lista global. A Dinamarca recebeu 1.246 pontos, seguida da Áustria (1.278), da Nova Zelândia (1.287) e de Portugal (1.356). Em 2015, Portugal aparecia em 11º lugar no ‘ranking’ e em 2014 estava no 18º lugar.
Portugal é o país com melhor classificação entre os países de língua oficial portuguesa numa lista que não classifica Cabo Verde nem São Tomé e Príncipe.
Portugal em 5º e Timor-Leste em 56º são os países de língua oficial portuguesa mais bem colocados entre os 163 listados no Índice Global de Paz de 2016 que não classifica Cabo Verde nem São Tomé e Príncipe. Dos restantes países de língua oficial portuguesa, a Guiné Equatorial ocupa a 62.ª posição, à frente de Moçambique, que surge na 68.ª. Angola figura no 98.º posto, enquanto o Brasil está no 105.º e a Guiné-Bissau no 116.º lugar.
Os mais de 20 indicadores, qualitativos e quantitativos, utilizados para elaborar a lista, incluem segurança pública, violência policial, taxa de homicídios, justiça social, terrorismo, participação em conflitos, grau de militarização e gastos com armas. De acordo com o Índice Global de Paz, que vai na 10.ª edição, o impacto da violência na economia global foi de 13,6 biliões de dólares (11,9 mil milhões de euros), o equivalente a 13,3% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial.
O Índice Global da Paz foi criado pela revista ‘The Economist’ em parceria com a Universidade de Sydney, Austrália, Universidade de Londres, Reino Unido, e com a Universidade de Uppsala e o Instituto Internacional de Pesquisas pela Paz de Estocolmo, ambos na Suécia. Analisa a nível global, os esforços pelas paz, tanto de caráter interno como externo.


MUNDO PORTUGUÊS - ASSINE JÁ

Medalha de Mérito das Comunidades


Maior Onda surfada do Mundo


Mundo Português TV


Mundo Português APP





Meteorologia

Marcas Grupo