edição digital

Fim de semana é de calor mas a chuva regressa segunda-feira

13/10/17 ATUALIDADE Imagem

Quem gosta de sol e calor deve aproveitar bem o fim-de-semana, que trará temperaturas acima dos 30 graus Celsius na generalidade do território. Mas na 2ª feira regressa a chuva, com descida das temperaturas, por causa do furacão Ophelia, que vai passar pelas ilhas de Santa Maria e São Miguel, nos Açores.

Quem gosta de sol e calor deve aproveitar bem o fim-de-semana, que trará temperaturas acima dos 30 graus Celsius na generalidade do território.
Mas na segunda-feira a chuva regressa, com descida das temperaturas, devido à passagem do furacão Ophelia, explicou à Lusa meteorologista Maria João Frada, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).
Para sábado e domingo estão previstas temperaturas acima dos 30 graus Celsius na generalidade do território, mas na segunda-feira, o cenário muda muito por conta da trajetória do furacão Ophelia, que hoje está no Atlântico e deverá atingir os Açores. “A partir de segunda-feira parece que vai haver uma mudança no estado do tempo, mas até lá vamos continuar, na generalidade do território, com temperaturas acima do normal para a época, com máximas acima dos 30 graus”, disse a meteorologista.

Ophelia passa a categoria 2
O IPMA já alertou que o furacão Ophelia subiu a categoria 2, e prevê vento com rajadas na ordem dos 100 qulómetros/hora nas ilhas de Santa Maria e São Miguel, nos Açores.
Segundo um comunicado do Centro de Previsão e Vigilância Meteorológica dos Açores do IPMA, às 21h de quinta-feira (mais uma hora em Lisboa), o centro do ciclone Ophelia estava a 1.150 quilómetros a sudoeste dos Açores.
O ciclone, designação meteorológica que engloba tempestades tropicais e furacões de categorias 1 a 5, está praticamente estacionário, mas “nas próximas horas deverá voltar a deslocar-se para este/nordeste em direção ao arquipélago”, adianta o comunicado, disponibilizado na página do ‘Facebook’ da delegação regional dos Açores do IPMA.
A previsão indica que “existe uma probabilidade de o ciclone condicionar o estado do tempo no grupo oriental” - com vento médio igual ou superior a 65 quilómetros/hora - a partir das 12h de sábado em Santa Maria e em São Miguel. Deverá ocorrer “um agravamento do estado do tempo, com precipitação por vezes forte e acompanhada de trovoada, vento com rajadas que em São Miguel podem chegar aos 100 quilómetros/hora e em Santa Maria poderão ultrapassar os 100 quilómetros/hora, e ondas que podem atingir os seis metros de altura significativa”, refere o IPMA.
Quanto às ilhas dos grupos ocidental, Flores e Corvo, a partir da madrugada de hoje, “devido a uma superfície frontal fria com atividade moderada a forte, prevê-se precipitação por vezes forte, podendo ser acompanhada de trovoada”. Esta situação estende-se no sábado às ilhas da Terceira, Pico, São Jorge, Graciosa e Faial, o grupo central dos Açores.
O IPMA emitiu avisos amarelo e laranja para o arquipélago devido à previsão de chuva, vento, trovoada e agitação marítima. O aviso laranja é o segundo de uma escala de quatro e indica situação meteorológica de risco moderado a elevado. O aviso amarelo, o terceiro de uma escala de quatro, revela situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

MUNDO PORTUGUÊS - ASSINE JÁ

Medalha de Mérito das Comunidades


Maior Onda surfada do Mundo


Mundo Português TV


Mundo Português APP





Meteorologia

Marcas Grupo