edição digital

Monumentos de Sintra celebraram a entrada de visitante três milhões

13/11/17 CULTURA Imagem

Em 2017, e pela primeira vez, os monumentos do concelho de Sintra ultrapassaram a meta dos três milhões de visitantes.

O número foi atingido no dia 7 deste mês, às 10h30. O visitante número três milhões é de nacionalidade brasileira e estava integrado num grupo de uma agência de viagens. O momento foi assinalado no Palácio Nacional de Queluz, com a presença de colaboradores da empresa e também de alguns turistas.
Ricardo Cabral, 52 anos, foi recebido com uma festa surpresa que envolveu charamelas, confetes e muita animação, e ainda bolo e espumante distribuídos por todos os presentes. “Foi tudo inesperado, não esperava esta festa, esta grande festa, e estou muito grato por este momento”, agradeceu o turista brasileiro, residente em Copacabana, no Rio de Janeiro. Ricardo Cabral tem ascendência lusa, e estava pela primeira vez de visita a Portugal.
“O ‘visitante três milhões’ reporta-se à totalidade de entradas nas áreas sob gestão da Parques de Sintra em 2017 e reflete o crescimento continuado registado nos últimos anos, crescimento este que, até ao momento, se traduz já num aumento de 22,3% de visitas relativamente ao período homólogo de 2016”, informa um comunicado da Parques de Sintra.
Manuel Baptista, presidente do Conselho da Administração da Parques de Sintra, destacou o trabalho realizado pela empresa “na conservação do conjunto dos monumentos e no contínuo melhoramento das condições de acolhimento dos visitantes em todos os polos”, o que se reflete num “crescimento sustentado de visitantes”.
O administrador mostrou-se também muito satisfeito com a coincidência de o “visitante três milhões” ser brasileiro, dada a ligação que estes têm ao Palácio Nacional de Queluz. “Não nos podemos esquecer que o primeiro imperador do Brasil, D. Pedro I (D. Pedro IV de Portugal) nasceu e morreu no Palácio de Queluz”, lembrou.
Manuel Baptista sublinhou ainda o facto de o monumento, na sequência da campanha de obras de conservação e restauro levada a cabo nos últimos anos, ser um dos polos que maior crescimento registou no número de entradas em 2017.

MUNDO PORTUGUÊS - ASSINE JÁ

Medalha de Mérito das Comunidades


Maior Onda surfada do Mundo


Mundo Português TV


Mundo Português APP





Meteorologia

Marcas Grupo