Marcas do Grupo

CCP/Eleies: Eleitos sob o signo da absteno
O Emigrante / Mundo Portugus
Email: Password:
 
Primeira vez? Registe-se gratuitamente aqui.
Esqueceu-se da sua password? clique aqui.


Sexta-Feira, 19 Setembro 2014 - 18:49 (Açores 17:49)
Homepage
SECÇÕES

Lisboa
Clique aqui para saber a hora de outras cidades

newsletter
meteorologia

Comunidades

    

CCP/Eleies: Eleitos sob o signo da absteno

Tera-Feira, 29 Abril de 2008
Números divulgados pela Agência Lusa, com base em dados fornecidos pelo gabinete do secretário de Estado das Comunidades, apontavam para cerca de 12 mil portugueses no estrangeiro, o número de votantes nas eleições para o Conselho das Comunidades Portuguesas (CCP), que decorreram no domingo, 20 de Abril.
A esses juntaram-se os eleitores que a 27 de Abril, escolheram no Brasil os oito conselheiros a eleger por aquele país. Um número que não deverá chegar aos quatro mil, de acordo com fontes contactadas pelo «O Emigrante/Mundo Português».

França
Na Europa, a França foi o país que elegeu mais conselheiros (oito), três dos quais foram reeleitos.

Assim, pelo círculo eleitoral de Paris/Lille/Nantes, foram eleitos António Fonseca (lista C), Paulo Marques (Lista A), Parcídio Peixoto (Lista C) e Carlos dos Reis (Lista A). A lista C foi a mais votada com 458 votos, seguida da A (434), da B (177) e da D (135), registando-se ainda 17 votos brancos e 19 nulos.

Em Bordéus/Toulouse, foi eleito Álvaro Machado Pimenta, da Lista B, com 277 votos, tendo a lista C conseguido 249 votantes e a A 184.

Pelo círculo de Lyon/Clermont-Ferrand, foi eleito José Rocha, da única lista candidata, com 114 votos.

Manuel Cabreira foi o eleito em Marselha/Ajaccio, onde se registaram 156 votos, dos quais quatro foram nulos e um em branco.

Em Estrasburgo, a eleita foi Juliette Araújo, com 69 votos válidos, numa eleição onde votaram 72 pessoas, duas das quais de forma nula e uma em branco.


Reino Unido/Irlanda

No círculo eleitoral Reino Unido/Irlanda, a vencedora foi a lista B, com 461 votos, e a única a eleger conselheiros, seguida da lista C (114) e da A (59).

Foram eleitos António Cunha, Augusto Nunes, Elisabete Abreu e António Choca. De destacar que, no consulado de Manchester, houve apenas três votos, todos em branco.


Luxemburgo e Andorra

No Luxemburgo, venceu a lista A encabeçada por Eduardo Dias, que foi reeleito com 373 votos, à frente da Lista C que obteve 300 votos e da Lista B, com 64.

Em Andorra, a única lista candidata, de José Silva, venceu com 128 votos válidos.


Alemanha e Bélgica

Na Alemanha, onde a abstenção foi de 99,5 por cento, a única lista concorrente pelo círculo de Berlim e Hamburgo obteve 63 votos, tendo sido eleito Alfredo Stoffel.

No círculo de Dusseldorf, Frankfurt e Estugarda venceu a lista A, com 514 votos, tendo sido eleitos Rui Paz, José Eduardo e Piedade Frias.

Já na Bélgica, o conselheiro eleito foi Pedro Rupio, da lista A, com 267 votos, contra os 132 conseguidos pela lista B, numa eleição onde votaram 404 pessoas, quatro das quais entregaram boletins em branco e uma nulo.


Suécia e Suiça

Na Suécia, foi reeleito o único candidato ao CCP, Amadeu Batel, com 35 votos, numa eleição que não teve votos brancos ou nulos.

Na Suíça, venceu a lista C, que elegeu Manuel Beja, Manuel Figueira e São Belo com 359 votos. A Lista A obteve 111 e elegeu Maria Justo e a Lista B revebeu 85 votos.

Na Europa, Espanha e Holanda não tiveram candidatos ao Conselho das Comunidades Portuguesas.


África do Sul/Namíbia e Moçambique

Com 520 votos a favor, foram eleitos pelo círculo África do Sul/Namíbia os conselheiros Silvério Silva, Manuel dos Passos, Lígia Fernandes, Manuel Coelho. Por aquele círculo eleitoral, votaram 538 pessoas, tendo 14 dos votos sido em branco e quatro nulos.

No continente africano, foi ainda eleito pelo círculo de Moçambique/Quénia/Zimbabué Pedro Monjardino, da única lista candidata.

Pelos restantes países africanos, não foram apresentadas quaisquer candidaturas ao Conselho.


Macau e Austrália

No círculo de China/Japão/Macau/Tailândia, o deputado Pereira Coutinho foi reeleito conselheiro, juntamente com Armando de Jesus e Ana Manhão, ao recolher 2.540 votos num acto eleitoral com lista única.

Pelo círculo Austrália/Timor/Filipinas, venceu a candidata da lista A Ana de Moura Pereira


Estados Unidos e Canadá

Nos Estados Unidos, foram eleitos por Newark, José João Morais (lista B) e Manuel Carrelo (lista A) com 283 e 203 votos respectivamente. João Luís Pacheco (lista A - 521 votos) e Claudinor Costa (lista C - 320 votos) foram eleitos por Nova Bedford, enquanto Elmano Costa venceu em São Francisco com 145 votos.

No Canadá, foram eleitos pelos círculos eleitorais de Toronto-Montreal e Otava Martin Medeiros, cabeça-de-lista da candidatura mais votada (lista B, com 240 votos) e Clementina Santos, da lista A - conjunta de Montreal-Otava - com 157 votos.

O terceiro conselheiro pela região de Toronto é Gila Raposo, com 120 votos. Em Vancouver, foi eleito o único candidato, José Manuel Arez dos Santos, com 34 votos.


Venezuela, Argentina e Uruguai

A Venezuela foi o único país onde a tendência de voto foi crescente: votaram o número recorde de 1.178 pessoas, mais 115 por cento do que nas anteriores eleições para o Conselho.

A lista C obteve a maioria dos votos (532), seguida pela lista A (348), a lista B (248) e a lista D (50). Todos os candidatos foram eleitos pela primeira vez, dois deles pela lista C (Luís Jorge e Estela Lúcio), um pela lista A (António Pereira) e outro pela lista B (Maria de Lourdes Almeida).

Na Argentina, o único candidato ao CCP, António Canas, foi reeleito numas eleições onde votaram 448 pessoas, situação semelhante ocorreu no Uruguai, onde Luís Panasco foi reeleito com apenas três votos.


Brasil

No Brasil, as eleições decorreram no passado dia 27 de Abril. Ao que O Emigrante Mundo Português pode apurar, José Miranda de Melo foi reeleito pelo círculo de Recife/Salvador/Fortaleza, com 302 votos.

No círculo de São Paulo (que inclui Santos)/Curitiba e Porto Alegre, a Lista C terá conseguido eleger os seus três candidatos: José Duarte Alves, Vasco Frias Monteiro e Juliana Lopes. No total, a Lista C terá obtido 1078 votos, contra 294 conseguidos pela Lista I e 83 destinados à Lista B.
A concorrer pelo círculo de Brasília/Belém, e a faltar ainda contabilizar os votos de Brasília, João Vaz Pisco, da Lista H, tinha 677 votos, contra 308 obtidos pela Lista D.

Pelo círculo do Rio de Janeiro/Belo Horizonte, terão sido eleitos António Cardão e Ângelo Horto , da Lista E e Alcides Martins, da Lista A.

A.G.P. (com Lusa)



outras notÍcias desta secÇÃo







EDIÇÃO IMPRESSA
destaque

Sondagem
HOJE FAZEM ANOS
Adriano Ferreira - Franca
Antonio Abreu - Alemanha
Antonio Cepeda - Brasil
Antonio Couto - Brasil
Antonio Silva - Brasil
Brian Lourenco - Suica
Cardoso Samuel - Franca
Ferreira Carvalho - Ilhas Jersey (ru)
Goncalves Madeleine - Franca
Jose Cardoso - Alemanha
Jose Pais - Alemanha
Manuel Brito - Franca
Manuel Luis - Alemanha
Manuel Moris - Alemanha
Maria Correia - Brasil
Valquiria Barbosa - Brasil
DOSSIERS
destaque
destaque

PUBLICIDADE
destaque
 
O Emigrante / Mundo Portugus
Av. Elias Garcia 57 - 7 1049-017 Lisboa - Portugal
Tel: +351 21 795 76 69 | Fax: +351 795 76 65
Email: redaccao@mundoportugues.org   |  assinaturas@mundoportugues.org
Webdesign por